Ativista acredita em conquistas

Sobre a composição de um Congresso mais conservador, Magno menciona a importância de uma estratégia

iG Minas Gerais | Larissa Veloso |

O presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), Carlos Magno Fonseca, é mais otimista. "Não acho que é possível analisar essa questão com números. Tivemos vitórias históricas, como a do Jean Wyllys e vamos continuar nossa luta com conquistas”, diz.  

Sobre a composição de um Congresso mais conservador, Magno menciona a importância de uma estratégia. “A gente nunca teve um Congresso favorável. O que nos temos que fazer é pensar em estratégias. A partir de janeiro vamos ver quais são os deputados que vão efetivamente tomar posse e tentar fazer uma articulação com os aliados, e também conversar com os outros movimentos sociais”, afirma o ativista.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave