Zagueiro do Avaí leva cinco jogos de suspensão por ato de racismo

Antônio Carlos recebeu punição e multa por ter chamado o atacante Fraci, do Boa Esporte, de macaco

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Árbitro de Avaí e Boa Esporte não  cita suposta injúria racial em súmula Relatório de Guilherme Ceretta de Lima, de São Paulo, não consta lance entre Antonio Carlos e Franci
Árbitro de Avaí e Boa Esporte não cita suposta injúria racial em súmula Relatório de Guilherme Ceretta de Lima, de São Paulo, não consta lance entre Antonio Carlos e Franci

O zagueiro Antônio Carlos, do Avaí, foi punido com cinco jogos de suspensão e multa de R$ 10 mil em julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O jogador recebeu a condenação por ato de racismo em partida contra o Boa Esporte, pela Série B.

O jogador foi considerado culpado da acusação de ter xingado o atacante Franci de “macaco do c*”.  Após uma disputa de bola no ataque, os dois jogadores se estranharam e o atleta do Boa alegou que teria sido ofendido, registrando boletim de ocorrência após o duelo.

O caso foi registrado na partida realizada em 27 de setembro passado e que foi válida pela 26ª rodada da Série B do Brasileiro. Antônio Carlos foi denunciado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e poderia ter levado suspensão de dez jogos e multa de até R$ 100 mil.

Leia tudo sobre: boa esporteantonio carlosfrancistjdracismomacaco