Homem de Ferro e Capitão América aparecerão em lados opostos no cinema

Impasse entre super-heróis gira em torno de de uma lei do governo americano que obriga qualquer pessoa com habilidades extraordinárias a revelar sua identidade e atuar sob o comando das autoridades

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Terceiro filme da franquia terá Homem de Ferro e Capitão América em lados opostos
Acir Piragibe/Editoria de Arte
Terceiro filme da franquia terá Homem de Ferro e Capitão América em lados opostos

O ator Robert Downey Jr. voltará a vestir a armadura do Homem de Ferro para o terceiro filme do "Capitão América", publicou nesta terça-feira (14) à revista "Variety".

O multimilionário Tony Stark ("alter ego" do Homem de Ferro) terá um papel decisivo no argumento do filme, que se baseará nas histórias em quadrinhos "Guerra Civil", sobre o confronto entre os dois super-heróis por causa de uma lei do governo americano que obriga qualquer pessoa com habilidades extraordinárias a revelar sua identidade e atuar sob o comando das autoridades.

Stark apoia o programa, mas Steve Rogers ("alter ego" do Capitão América) não, por acreditar que ele ameaça as liberdades civis. Rogers então se transformará em um foragido para evitar ser preso.

A expectativa é de que este seja o começo de uma nova fase de filmes de super-heróis para o estúdio Marvel. Downey Jr. Também estará nas telas dos cinemas como o Homem de Ferro em "Os Vingadores: a Era de Ultron", que estreia no meio do ano que vem, e reaparecerá de novo em "Os Vingadores 3", como estipulado em seu antigo contrato com a Marvel.

O ator recebeu US$ 50 milhões por sua participação em "Os Vingadores" e poderia ganhar outros US$ 40 milhões, mais uma parte da arrecadação final do filme, por "Capitão América 3".

Anthony e Joe Russo, diretores de "Capitão América: O Soldado Invernal", continuarão no comando de "Capitão América 3", e trabalham no roteiro junto com Christopher Markus e Stephen McFeely.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave