Drone, bandeira e briga encerram Sérvia x Albânia

Duelo que misturou futebol e geopolítica acabou antes do fim do primeiro tempo por conta de confusão generalizada

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Quem pensa que já viu de tudo no futebol não poderia sequer sonhar com um desfecho como o do clássico entre Sérvia e Albânia nesta terça-feira, pelas Eliminatórias da Euro/2016. Um drone carregado com uma bandeira albanesa entrou no estádio do Partizan Belgrado, na capital sérvia, e causou uma confusão generalizada no gramado. O árbitro encerrou a partida depois da enorme briga.

Sérvia e Albânia são rivais históricos, principalmente depois do desmembramento da antiga Iugoslávia. A Guerra de Kosovo, na década de 1990, expulsou milhões de kosovares da região e eles foram acolhidos pela Albânia, acusada pelos sérvios de incentivar o confronto. Formalmente, Kosovo ainda é território sérvio e não tem reconhecimento, por exemplo, para ter uma seleção jogando as Eliminatórias da Euro. Além disso, há um confronto religioso entre os muçulmanos albaneses e os cristãos ortodoxos sérvios.

Apesar do histórico de conflitos entre Sérvia e Albânia, a Uefa não vetou que os dois caíssem no mesmo grupo nas Eliminatórias - Gibraltar e Espanha, assim como a Rússia contra Geórgia e Ucrânia foram confrontos vetados antes mesmo do sorteio.

Para evitar brigas, foi decidido que os dois jogos, de ida e volta pelo Grupo I, seriam realizados sem torcida visitante. Durante o primeiro tempo do jogo desta terça, porém, um drone (uma aeronave não tripulada, controlada remotamente) invadiu o estádio com a bandeira da Albânia amarrada sob ele.

Mitrovic e Gudelj foram recolher a bandeira e causaram revolta dos albaneses, que partiram para cima. Torcedores não gostaram e invadiram o gramado dando continuidade a uma conflito generalizado, que teve forte repressão policial e uso de bombas. Formalmente, o jogo foi encerrado aos 41 minutos do primeiro tempo.

A Uefa ainda não se pronunciou sobre o ocorrido, nem a respeito da continuidade da partida. Nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, a Sérvia perdeu um jogo por W.O. porque sua torcida impediu a realização de uma partida contra a Itália, em Gênova.  

Leia tudo sobre: futebolgeopoliticaserviaalbaniaeliminatoriaseurocopaconfusaobrigapoliciatorcida