Pimentel anuncia nomes de equipe de transição

A tendência é que a equipe também seja indicada, posteriormente, para assumir pastas no governo estadual; também foi montada uma comissão política para conversar com parlamentares

iG Minas Gerais | GUILHERME REIS |

O governador eleito Fernando Pimentel (PT) anunciou nesta terça-feira (14) a sua equipe de transição de governo.

São sete os nomes dos responsáveis pela mudança: Helvécio Magalhães, Márcio Crocco, Marco Antônio Rezende, Marco Antônio Castello Branco, Murilo Valadares, Eduardo Lima de Andrade e Paulo de Moura.

Também foi montada uma comissão política para conversar com parlamentares e partidos na Assembleia Legislativa. O coordenador e o vice governador, Antonio Andrade, e terá a presença dos presidente dos partidas aliados do PT na campanha.

Dos sete nomes anunciados, cinco já haviam sido antecipados pelo blog Olho Neles de que ocupariam cadeiras no governo Pimentel. No entanto, Marco Antônio Rezende não poderia ocupar o cargo de procurador-geral do Estado, já que apenas concursados da carreira são aceitos na vaga.

A tendência é que a equipe também seja indicada, posteriormente, para assumir pastas no governo estadual. De acordo com a coordenação, os nomes vão ao encontro do que deseja Fernando Pimentel: acesso prioritário à saúde financeira do Estado, endividamento, quadro do funcionalismo público e situação da previdência.

O responsável pela área jurídica da transição da de Pimentel, Marco Antônio Rezende, disse ontem acreditar que o processo será tranquilo. “Esperávamos o governodo Estado se posicionar. Agora é com o Pimentel definir quais serão os nomes designados para colher as informações. Não sabemos ainda quem serão essas pessoas. Nem cogito que uma medida judicial será necessária para conseguirmos as informações.”

Essa comissão já pode começar a trabalhar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave