Brasileiras esperam mais por promoção

iG Minas Gerais |

Pegou mal. Satya Nadella disse, em e-mail aos funcionários, que errou na entrevista, e que encoraja sim a igualdade entre os sexos
microsoft/divulgação
Pegou mal. Satya Nadella disse, em e-mail aos funcionários, que errou na entrevista, e que encoraja sim a igualdade entre os sexos

Mesmo com formação sólida e experiência na área, a mulher que trabalha com tecnologia no Brasil demora mais para receber uma promoção.

Jussara Oliveira trabalha em uma empresa de telecomunicação no Rio de Janeiro e demorou para deixar de ser trainee e passar para um cargo sênior. “Sofri bastante preconceito no processo. Demorei o dobro do tempo que meus amigos pra conseguir virar sênior, mesmo tendo mais formação”, explica a técnica em informática, bacharel em Sistemas de Informação, e especialista em Gestão Estratégica de TI e Engenharia de Redes.

“As mulheres precisam provar que são competentes muito mais que os homens. A visão inicial é que mulheres são incompetentes”, afirma Luciana Fuji, de Belo Horizonte, desenvolvedora de plataformas livres como o linux. (Ludmila Pizarro)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave