Passagem para a fase adulta

Caçula do extinto Jonas Brothers, Nick Jonas se prepara para lançar álbum solo e vive outro momento na carreira

iG Minas Gerais |

Maturidade. Nick afirma que quer ser ganancioso com sua carreira, trabalhando também como ator
Dan Hallman
Maturidade. Nick afirma que quer ser ganancioso com sua carreira, trabalhando também como ator

São Paulo. Nick Jonas é o último de uma geração de artistas criados na Disney a fazer a transição de ídolo teen para músico pop adulto. Com 6 kg a mais de músculos (ganhos para interpretar um lutador de MMA na série “Kingdom”), o caçula do extinto Jonas Brothers lança no dia 11 de novembro o disco que leva seu nome, e é influenciado por ídolos de outras épocas.

Oficialmente livre das melodias infantojuvenis, Nick cita Prince e Stevie Wonder como as maiores influências da música que traz em seu segundo trabalho solo, o primeiro autoral. “Para mim é uma grande evolução e meio que uma nova jornada. Eu cresci muito musicalmente e como pessoa também”, disse o cantor à “Folha de S.Paulo”, por telefone.

“A influência de Prince sempre esteve lá para mim. Eu tento misturar algo como Stevie Wonder e coisas mais modernas como The Weeknd e Frank Ocean”.

Dois singles do disco já foram lançados, “Chains” e “Jealous”, ambos uma mistura entre soul e pop, conforme define.

Curiosamente, esse não é o primeiro trabalho solo do cantor: aos 12 anos, Nick, 22, fez sua estreia musical com um álbum de canções natalinas, após ter sido descoberto cantando no cabeleireiro da mãe. O sucesso veio mais tarde com o reforço dos dois irmãos mais velhos, Kevin e Joe, que juntos deram origem a febre teen Jonas Brothers.

O grupo teve seu auge em 2007, quando os três participaram de um episódio da série de Miley Cyrus, até então em sua versão boa moça, do Disney Channel, e depois estouraram ao lado de Demi Lovato no filme “Camp Rock”, sucesso entre pré-adolescentes.

Nos anos seguintes, enquanto as duas companheiras de musicais infantojuvenis deixavam os estúdios Disney para chocar o público com suas versões adultas, os irmãos Jonas continuaram a gravar, perdendo parte do público que crescia e mudava de canal.

O término da boy band aconteceu em dezembro do ano passado, após alguns anos de especulações – desde 2010, Nick já se dedicava a outros projetos musicais.

Na derradeira da transição para a fase adulta, o músico seguiu a cartilha do choque de Cyrus e Lovato, exibindo fotos sensuais e ostentando seus recém-criados músculos.

A boa forma, porém, não é apenas vaidade ou estratégia de marketing: nos últimos meses Nick se revezou entre os estúdios de gravações e os sets de filmagem da série “Kigdom”, da DirecTV, sobre lutadores MMA. A atuação foi elogiada pela crítica após a exibição do primeiro episódio nos EUA, na semana passada.

Multiartista desde criança, com passagem pela Broadway (além das já citadas participações na Disney), Nick pretende manter a fama de workaholic. “Quero ser ganancioso e ter uma carreira na qual posso atuar e tocar”, comentou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave