Paciente que tinha suspeita de infecção pelo ebola continua internado

Souleymane Bah, de 47 anos, saiu do isolamento após sair o resultado negativo em um segundo teste

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O africano da Guiné, Souleymane Bah, de 47 anos, que estava com suspeita de infecção pelo vírus ebola, permanece no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Maguinhos, na zona norte do Rio. Ele saiu do isolamento e está internado em quarto normal da unidade. Hoje, após sair o resultado negativo em um segundo teste, foi confirmado que Bah não contraiu a doença.

De acordo com a Fiocruz, a data da alta ainda está sendo definida entre o Ministério da Saúde e a Fundação. Souleymane Bah foi transferido, de avião, na manhã de sexta-feira (10), de Cascavel, no Paraná, onde foi atendido na Unidade de Pronto-Atendimento Brasília, para o Rio e foi levado com esquema de isolamento para o instituto. Ele chegou em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), na Base Aérea do Galeão, na zona norte do Rio.

Amanhã, às 10h, os médicos que atendem o africano vão dar uma entrevista. O encontro com a imprensa será no prédio sede da Fiocruz.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave