Corpo de obeso mórbido causa incêndio em crematório

Corpo de mais de 220 kg estava sendo cremado, quando o forno superaqueceu; caso ocorreu em crematório da cidade de Henrico, no estado americano da Virginia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Fogo começou durante a cremação de um corpo com mais de 220 quilos.
Reprodução/Youtube
Fogo começou durante a cremação de um corpo com mais de 220 quilos.

O telhado de um crematório foi destruído após um incêndio no salão, na cidade de Henrico, em Virginia (EUA). De acordo com os bombeiros locais, o fogo começou durante a cremação de um corpo com mais de 220 quilos e foi causado pelo excesso de calor no forno.

Segundo Jerry Hendrix, gerente do serviço de cremação do município, a causa do superaquecimento foi o tamanho do corpo. O homem disse que, em 20 anos como funcionário do local, nunca havia visto algo semelhante.

A cremação de um corpo adulto leva em média de duas a três horas, à temperatura de 2.000 graus. Corpos maiores podem levar mais de cinco horas. As informações são da Sociedade de Cremação do estado da Virginia. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave