Ataques do Taleban matam 22 policiais e um civil no Afeganistão

"Eles caíram em uma emboscada; vinte e dois policiais morreram, oito ficaram feridos e sete foram feitos prisioneiros", declarou o governador Abdul Yabar Haqbin

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma emboscada dos talebans resultou na morte de 22 policiais afegãos nesta segunda-feira (13) na província de Sar-e-Pul, no norte do Afeganistão, indicou o governador local.

"Eles caíram em uma emboscada. Vinte e dois policiais morreram, oito ficaram feridos e sete foram feitos prisioneiros", declarou o governador Abdul Yabar Haqbin.

Os combatentes do Taleban atacaram a partir das montanhas quando o comboio trafegava através do Vale Laghman.

"Doze veículos do Exército e da polícia foram totalmente destruídos", afirmou Haqbeen.

Também nesta segunda, um atentado suicida do Taleban contra um comboio da Otan em Cabul matou um civil afegão, sem provocar vítimas entre os militares estrangeiros, anunciaram as autoridades.

"Um suicida detonou um veículo carregado de explosivos em Qabil Bai, na estrada de Pul-i-Charkhi (leste de Cabul) esta manhã", afirmou o general Mohamad Ayub Salangi, vice-ministro do Interior afegão.

"Uma pessoa morreu e três ficaram feridas no ataque", disse.

Segundo o general Farid Afzali, chefe de polícia de Cabul, os feridos são pessoas que trabalham para uma empresa estrangeira.

A Isaf, a missão da Otan no Afeganistão, informou que nenhum soldado foi atingido no ataque.

Leia tudo sobre: ConflitoMortosTalebanAfeganistãoMundopoliciaisemboscadascivisgovernadorAbdul Yabar Haqbin