Resultados extraoficiais apontam reeleição de Evo Morales

Primeiro presidente indígena da Bolívia e da América do Sul, em nove anos de governo Evo Morales erradicou o analfabetismo, reduziu a pobreza e a desigualdade e manteve alto índice de crescimento

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Bolivia's President Evo Morales in greeted by supporters upon his arrival to vote at a polling station in Villa 14 de Septiembre, in the Chapare region, Bolivia, Sunday, Oct. 12, 2014. Bolivians are voting in general and presidential elections Sunday. President Evo Morales appeared headed to an unprecedented third term.(AP Photo/Juan Karita)
AP
Bolivia's President Evo Morales in greeted by supporters upon his arrival to vote at a polling station in Villa 14 de Septiembre, in the Chapare region, Bolivia, Sunday, Oct. 12, 2014. Bolivians are voting in general and presidential elections Sunday. President Evo Morales appeared headed to an unprecedented third term.(AP Photo/Juan Karita)

O presidente da Bolívia, Evo Morales, conquistou o terceiro mandato nesse domingo (12), de acordo com dados extraoficiais, e prometeu manter, até 2020, seu modelo de crescimento econômico, cujos resultados foram elogiados por organizações como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial.

Morales fez discurso, agradecendo o apoio dos 6 milhões de eleitores, antes mesmo de os resultados oficias serem confirmados. Mas a vitória dele já era esperada: as primeiras pesquisas de boca de urna indicavam que ele tinha mais de 60% dos votos.

Primeiro presidente indígena da Bolívia e da América do Sul, em nove anos de governo Evo Morales erradicou o analfabetismo, reduziu a pobreza e a desigualdade e manteve alto índice de crescimento. Este ano, segundo a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, a Bolívia será o país que mais vai crescer na América do Sul (5,5%) – mais que o dobro da média regional.

Leia tudo sobre: Evo MoralesreeleiçãopresidenteBolíviaBoca de UrnapesquisasresultadosMundoEleições