Vitória em Minas é fundamental

Oficialmente, os tucanos negam os problemas, mas, longe dos gravadores, reclamam da relação de Danilo com a base eleitoral de Aécio

iG Minas Gerais |

Na tentativa de uma virada histórica de Aécio Neves (PSDB) sobre Dilma Rousseff (PT) na corrida pelo Planalto, os tucanos esperam outra reviravolta eleitoral: em Minas. No primeiro turno, Aécio perdeu em seu Estado natal. Teve 4,41 milhões de votos contra 4,82 milhões da petista.  

Para isso, até mesmo a coordenação da campanha aecista no Estado foi trocada. Enfrentando dificuldades no relacionamento com prefeitos do interior e deputados, o secretário de Governo, Danilo de Castro, foi substituído pelo senador eleito, Antonio Anastasia, ex-governador e braço de direito de Aécio em Minas.

Oficialmente, os tucanos negam os problemas, mas, longe dos gravadores, reclamam da relação de Danilo com a base eleitoral de Aécio. Por sua vez, Anastasia já começou o trabalho para garantir vitória a Aécio em Minas no segundo turno.

“Precisamos mostrar que vamos avançar em questões que os brasileiros consideram importantes. Vamos corrigir os equívocos e desvios éticos e de eficiência da atual administração, mostrando que podemos fazer um governo probo”, afirma Anastasia, que já começou uma extensa série de reuniões com prefeitos, deputados e líderes regionais de todo o interior de Minas.

“Essa mobilização que estamos fazendo se dá em torno das discussões estratégicas do partido para este segundo turno. Queremos que Aécio vença com uma boa frente de votos. Vamos pedir empenho máximo para elegermos Aécio”, disse.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave