LeBron minimiza atuação abaixo do esperado no Brasil

"Não estou muito preocupado em encontrar meu ritmo, estou mais preocupado em encontrar o ritmo da equipe", disse

iG Minas Gerais | Agência Estado |

LeBron James é a grande estrela dos Estados Unidos
REPRODUÇÃO/NBA
LeBron James é a grande estrela dos Estados Unidos

Na vitória por 122 a 119 do Cleveland Cavaliers sobre o Miami Heat, sábado à noite, no Rio, pela pré-temporada da NBA, o astro LeBron James esteve longe de ser o jogador preciso e decisivo que o consagrou como a principal estrela do basquete na atualidade. Fora de ritmo, marcou apenas sete pontos, errou diversos arremessos e ficou de fora do último quarto e da prorrogação. Mas, apesar de ter ficado abaixo da expectativa da torcida - que vibrou com ele em uma única enterrada -, todos sabem o quanto LeBron poderá ser importante para os Cavaliers na temporada.

O próprio LeBron não se mostrou incomodado pela atuação. "Não estou muito preocupado em encontrar meu ritmo, estou mais preocupado em encontrar o ritmo da equipe", disse, logo após a partida. "Em várias ocasiões nós nos preocupamos mais em servir o companheiro, em passar a bola. Todos estamos preocupados em melhorar nosso entrosamento, ficarmos em sintonia."

Sobre o primeiro jogo contra a ex-equipe, ele disse ter se sentido à vontade. "Não tive essa sensação de estranheza. Foi bom rever os companheiros do meu antigo time, interagi bem com eles e tive uma boa experiência. Não houve desconforto", afirmou LeBron.

Ex-companheiro no Heat e maior pontuador da franquia de Miami na partida, com 20 pontos, o ala/pivô Chris Bosh também minimizou a atuação do agora adversário. "É uma pré-temporada. Todos estamos treinando e ainda vamos ter de enfrentá-lo em jogos para valer", disse, logo após a partida. "Ele (LeBron) é sempre difícil de ser marcado. Ele é ótimo no arremesso e nas assistências, e é sempre um desafio jogar com ele", completou.

Leia tudo sobre: lebron jamescleveland cavaliersbrasilbasquete