Governo rebate declarações

Outro ponto da nota diz respeito à existência do projeto Rede Farmácia de Minas, responsável pelo acesso gratuito a medicamentos básicos, estratégicos e de alto custo

iG Minas Gerais | Denise Motta |

O governo do Estado de Minas Gerais enviou a veículos de imprensa nota de esclarecimento para defender-se de ataques da presidente Dilma Rousseff (PT). Em discurso neste sábado, a petista alegou deficiências na área da saúde em seu Estado natal, responsabilizando a gestão tucana que está à frente do Poder Executivo desde 2003.  

Conforme o documento, o Estado tem a melhor saúde da região Sudeste e a quarta melhor do Brasil, de acordo com o Índice de Desenvolvimento do SUS.

O Estado ainda alega que investe o percentual previsto na Constituição Federal de 12% do orçamento em saúde. No ano de 2013, alega ter investido 12,29% da receita estadual livre. “O orçamento do sistema estadual de saúde de Minas passou do patamar de R$ 1 bilhão em 2003 para o patamar de R$ 4 bilhões em 2013”, informa.

Outro ponto da nota diz respeito à existência do projeto Rede Farmácia de Minas, responsável pelo acesso gratuito a medicamentos básicos, estratégicos e de alto custo. O governo de Minas informa ainda sobre a criação de sistema de atendimento de urgência e emergência no Norte do Estado. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave