Com dois gols de Sassá, Náutico derrota ABC e sonha com G4

Com o resultado positivo, Timbu assumiu o sexto lugar com 44 pontos e se mantém na cola dos times que brigam no pelotão de cima da tabela

iG Minas Gerais | Agência Estado |

O Náutico manteve viva a esperança de conquistar o acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, os pernambucanos sofreram, mas derrotaram o ABC por 2 a 1, na Arena Pernambuco, no Recife, pela 29.ª rodada da Série B.

Com o resultado positivo, o Náutico assumiu o sexto lugar com 44 pontos, na cola dos times que brigam no pelotão de cima. O ABC, por sua vez, está na parte debaixo da tabela de classificação, em 13.º lugar com 35 pontos, cinco na frente da zona de rebaixamento.

Os times mal haviam se posicionado dentro de campo quando o Náutico abriu o placar, logo aos dois minutos. Tadeu passou para Sassá entre dois marcadores. Os jogadores do ABC erraram e a bola sobrou limpa para o atacante do Náutico, que finalizou com categoria para o gol.

Os visitantes praticamente não sentiram o gol e mantiveram a estratégia de tentar surpreender o adversário no campo de ataque. A melhor oportunidade saiu dos pés de Rodrigo Silva em cobrança de pênalti sofrida por Zambi. Ao contrário do meio de semana, quando marcou duas vezes em penalidade, o atacante não repetiu a dose, muito por conta da boa intervenção de Júlio César, que voou bem no canto direito e fez grande defesa. Os cinco minutos finais do primeiro tempo foram de tirar o fôlego.

Após muita conversa nos vestiários, o ABC notou que o lado direito da defesa do Náutico era o ponto mais fraco e na primeira chegada pelo setor levou perigo com Rodrigo Silva. Menos de um minuto depois, o camisa 9 não desperdiçou e deixou tudo igual aos quatro. Fábio Bahia fez lançamento longo, Zambi ganhou da marcação e cruzou. Na pequena área, o atacante potiguar apenas desviou para o fundo das redes.

O sistema ofensivo do Náutico não estava em uma grande dia e isto ficou evidente no segundo tempo. O técnico Dado Cavalcanti tentou mexer no time, mas os pernambucanos tiveram dificuldades em vencer a marcação. Na base da pressão, os donos da casa não saiam do campo de ataque, mesmo sem finalizar, e foram recompensados aos 40 minutos. Bruno Furlan tentou jogada individual e foi derrubado. O árbitro viu pênalti. Na cobrança, Sassá mostrou tranquilidade e não deu chances para Gilvan.

Ambos voltam a campo no próximo sábado, pela 30.ª rodada. O Náutico encara o Sampaio Corrêa, às 16h10, no estádio Castelão, em São Luis, enquanto que o ABC enfrenta o Luverdense, às 21 horas, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 2 x 1 ABC

NÁUTICO - Julio César; Rafael Cruz (Neílson), Renato Chaves, William Alves e Raí; João Ananias, Paulinho e Cañete (Marcos Vinícius); Bruno Furlan, Sassá e Tadeu (Helder). Técnico: Dado Cavalcanti.

ABC - Gilvan; Madson (Somália), Samuel, Marlon e Michel; Fábio Bahia, Marcel, Daniel Amora e Ronaldo Mendes (João Henrique); Rodrigo Silva e Zambi (Patrick). Técnico: Moacir Júnior.

GOLS - Sassá, aos 2 minutos do primeiro tempo; Rodrigo Silva, aos 4, e Sassá (pênalti), aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Paulinho e Rafael Cruz (Náutico); Marcel (ABC).

ÁRBITRO - Felipe Duarte Varejão (ES).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Pernambuco, no Recife (PE).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave