Chega a 105 número de ataques em Santa Catarina

Desta vez, um caminhão de mudança foi incendiado; na noite dessa sexta, foram registrados dois ataques nas cidades de Blumenau e Camboriú

iG Minas Gerais | Da Redação |

Um caminhão de mudanças incendiado na madrugada deste sábado (11) foi o 105º atentado registrado no estado de Santa Cataria desde o último da 26, quando teve início uma onda de ataques criminosos. De acordo com a Polícia Militar catarinense, o dono do veículo relatou que chegou à cidade de São Bento do Sul por volta das 3h, vindo com a mudança dele de São Paulo, quando houve o ataque. Perícia feita no local não identificou vestígios de coquetel-molotov, artefato que comumente tem sido usado nos atentados.

Nessa sexta-feira (10) à noite, foram registrados dois ataques nas cidades de Blumenau e Camboriú. Por volta das 22h, homens em uma moto jogaram uma bomba de fabricação caseira em um posto da Polícia Militar em Blumenau. Um morado que viu o atentado apagou o fogo com uma mangueira. Já em Camboriú, a casa de um policial foi alvo de ataques. O carro do policial que estava estacionado na garagem foi atingindo por três disparos e um outro tiro acertou o portão da residência.

A Polícia Militar registrou cinco ataques ontem: uma escola teve salas incendidas no município de Penha; dois caminhões particulares e vestiários da sede social da Polícia Militar em Laguna foram queimados e um carro de um policial foi atingido por tiros em Tubarão.

Nessa sexta, em Imbituba, a Polícia Militar prendeu Odiel de Vasconcelos por suspeita de participação em ataques. Ele não retornou da saída temporária da Colônia Penal Agrícola de Palhoça, onde cumpre pena. De acordo com a PM, o suspeito é integrante de uma organização criminosa que atua nos presídios catarinenses e estaria por trás das ordens para os ataques.

Até agora, as forças de segurança do estado, que contam com o apoio de tropas da Força Nacional de Segurança, prenderam 54 suspeitos e apreenderam 18 adolescentes. 

Leia tudo sobre: Ataques