Galo iá pagar dívida com a Fazenda em cerca de 15 anos

Atlético pagará 180 parcelas de R$ 864 mil mais entrada; o trato será assinado na próxima semana

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Atlético segue sem definição sobre o
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Atlético segue sem definição sobre o "caso Bernard"

O Atlético acertou oficialmente sua adesão ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal). O acordo com a Fazenda Nacional foi acertado na tarde de quinta-feira, em Brasília. De acordo com o departamento jurídico do Galo, serão pagos R$ 864 mil mensais em 15 anos, ou seja, em 180 parcelas.

“Os valores exatos ainda vão ser atualizados. Foi estabelecido todo o valor da divida ao longo do tempo, que foram 29 anos. Toda essa dívida fiscal foi levantada e parcelada. Como a própria lei estabelece, os descontos chegam a algo em torno de R$ 90 milhões. A gente pagaria a parcela inicial, de 20% do que ficou definido e será transferido para a receita da união. E depois disso, o saldo será pago em 180 parcelas com valores aproximados a 864 mil, cada”, informou o diretor do departamento jurídico, Lásaro Cândido da Cunha.

O dirigente viu com bons olhos a criação do acordo. “Foi bom, porque o clube, em diversos momentos em administrações passadas, fez uma dívida ali, um acerto ali, num parcelamento limitado acolá. Desta vez, houve um levantamento global da dívida. Foi muito razoável, muito interessante para o clube”, disse Lásaro.

O acordo será assinado na próxima semana. “Já foi batido o martelo. E na semana que vem, já encaminharemos as medidas”, completou.

A reunião de quinta contou com a presença de três representantes da agremiação mineira: o presidente Alexandre Kalil, o vice-presidente do Conselho Deliberativo, Dr. Castellar Guimarães, e o diretor do departamento jurídico. Lásaro Cândido da Cunha.

Leia tudo sobre: AtleticoGalo