Prass vê a 'criança Valdivia' com mais responsabilidade

Goleiro perdeu a faixa de capitão para o meia chileno, mas afirma não ter ficado incomodado

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Goleiro retornou a equipe paulista após ficar cinco meses lesionado
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Goleiro retornou a equipe paulista após ficar cinco meses lesionado

Um dos líderes do elenco do Palmeiras, o goleiro Fernando Prass perdeu a faixa de capitão para Valdivia no jogo passado e a tendência é que o meia continue com o cargo na partida diante do Grêmio, sábado, às 21 horas, no Pacaembu, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o experiente goleiro, a decisão do técnico Dorival Júnior é benéfica, principalmente para o jogador chileno.

"A faixa é uma simbologia. Acho que, de repente, pode ter um sentido maior para o Valdivia do que para o time. Ninguém vai o respeitar mais ou menos por causa da faixa, mas o fato dele estar representando o clube pode ser importante, pois lhe dá mais responsabilidade", contou o goleiro, que comparou a atitude que geralmente alguns pais tomam com os filhos.

"É como um filho. A gente fala que ele pode fazer o quiser, mas terá que assumir a responsabilidade. Acho que é uma boa decisão, já que existe um foco muito grande em cima dele e isso faz com que ele tenha mais responsabilidade em campo", completou Prass.

Em relação aos próximos jogos, o goleiro não quis fazer contas para o Palmeiras se afastar da zona de rebaixamento. Ele acredita que o momento é de pensar jogo a jogo, mas que seria fundamental o time aproveitar o fato de jogar em casa nas duas próximas rodadas para somar pontos e respirar ainda mais aliviado.

"O ideal seria vencer o Grêmio e o Santos e conquistar os seis pontos. Não queremos chegar nas últimas rodadas tendo que fazer conta contra o rebaixamento e tendo que perguntar para os repórteres durante o jogo, como estão os resultados das outras partidas", explicou.

O Palmeiras é o 13º colocado no Campeonato Brasileiro, com 31 pontos, dois a mais do que o Coritiba, melhor time dentro da zona de rebaixamento.  

Leia tudo sobre: fernando prassvaldiviapalmeirasgremiosantoscampeonato brasileiro