Ministro diz que resultado sobre suspeita de ebola sai em 24 horas

Chioro ressaltou as formas de contágio da doença e descartou a hipótese do vírus ter infectado passageiros que estavam com o paciente no voo entre Guiné e São Paulo no dia 19 de setembro

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Arthur Chioro, na Saúde, deverá ocupar o lugar de Alexandre Padilha
cosems-sp/divulgação
Arthur Chioro, na Saúde, deverá ocupar o lugar de Alexandre Padilha

O ministro da saúde, Arthur Chioro, durante entrevista coletiva que acontece nesta sexta-feira (10), no Ministério da Saúde, disse que o protocolo para atendimento do paciente suspeito de estar infectado com o vírus ebola foi cumprido 100% e que o resultado do primeiro exame de sangue deve sair em até 24 horas.

Chioro ressaltou as formas de contágio da doença e descartou a hipótese do vírus ter infectado passageiros que estavam com o paciente no voo entre Guiné e São Paulo no dia 19 de setembro. De acordo com o ministro, durante os primeiros 21 dias do período de incubação da doença, o vírus não é transmissível.

A suspeita de infecção do paciente surgiu nessa quinta-feira (9) durante atendimento em uma UPA na cidade de Cascavel, no Paraná.

Souleymane Bah, de 47 anos, foi isolado na unidade de atendimento e transferido na manhã desta sexta-feira (10) para o Rio de Janeiro, onde é monitorado.

Arthur Chioro disse que uma amostra de sangue está sendo analisada pelo Instituto Evandro Chagas em Ananindeua, na região metropolitana de Belém. De acordo com o ministro, para que seja confirmada a contaminação do paciente pelo vírus, será necessário fazer mais um exame de sangue, além do que está em análise. Este novo exame será realizado no prazo de 48 horas.

Outra entrevista coletiva será realizada ainda nesta sexta-feira, por volta das 18h, para falar sobre o estado de saúde do paciente e a evolução dos exames.

Leia tudo sobre: Ministro da SaúdeArthur ChioroEbolaBrasilColetivaentrevistaexamesresultadosDoençaVírus