Blatter questiona regra do gol fora de casa em mata-mata

O presidente da Fifa afirma que a regra está "ultrapassada" e defende a mudança para estabelecer que um gol deve sempre ter o mesmo valor

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Presidente da Fifa quer punições mais rigorosas com ato lamentável
REPRODUÇÃO/FIFA
Presidente da Fifa quer punições mais rigorosas com ato lamentável

Uma regra que faz parte da tradição do futebol pode estar com seus dias contados. A Fifa quer acabar com as leis que estipulam que um gol marcado fora de casa em uma disputa de mata-mata tenha um peso maior. A declaração sobre o tema foi feita pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, que defende a mudança para estabelecer que um gol deve sempre ter o mesmo valor, fora ou em sua própria casa.

Em sua coluna semanal, publicada na revista oficial da Fifa, Blatter defende a mudança e insiste que a regra está "ultrapassada". Seu principal argumento é de que o time que disputa o segundo jogo de uma série fora de seu estádio sempre sairá beneficiado por esse sistema.

"Na realidade, (a lei) favorece o clube que joga a segunda partida fora de casa", escreveu. "Precisamos rever o sistema", defendeu, sem dar ainda detalhes de como pretende fazer a mudança.

Blatter é candidato para mais um mandato no comando da Fifa, em eleições marcadas para maio de 2015. Uma de suas promessas é de que usará os próximos quatro anos para "modernizar" o futebol. Ele também já prometeu introduzir replays nas partidas para ajudar os árbitros.

Leia tudo sobre: gol fora de casafifajoseph blatterrevisão