Hamilton é o mais rápido da sexta-feira em Sochi

Treinos livres também foram marcados pelas homenagens ao francês Jules Bianchi, que se encontra em estado grave após acidente no GP do Japão

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Lewis Hamilton foi o mais veloz na última sessão de treinos livres para o GP do Canadá de F-1
Instragram/Reprodução
Lewis Hamilton foi o mais veloz na última sessão de treinos livres para o GP do Canadá de F-1

Embalado pelas três vitórias seguidas que o colocaram na liderança do Mundial de Pilotos, Lewis Hamilton começou muito bem o fim de semana do GP da Rússia, a 16ª etapa da temporada 2014 da Fórmula 1, ao ser o piloto mais rápido dos treinos livres desta sexta-feira no circuito de Sochi.

Mas mais do que o domínio de Hamilton, as atividades desta sexta-feira na pista russa, que faz a sua estreia no calendário, acabaram ficando marcadas pelas homenagens ao francês Jules Bianchi, que se acidentou no GP do Japão, no último domingo, e segue internado em estado grave.

Assim, os pilotos lembraram Bianchi ao usarem adesivos nos capacetes em apoio ao piloto da Marussia. E na pista, quem se saiu melhor foi mesmo Hamilton, na luta pelo seu segundo título na Fórmula 1. Após ficar em segundo lugar no treino livre inaugural, o piloto da Mercedes superou todos os concorrentes na sessão seguinte e terminou a sexta-feira como o piloto mais rápido, com a marca de 1min39s630.

Hamilton foi o único piloto a registrar uma volta em menos de 1min40. O inglês ficou à frente do dinamarquês Kevin Magnusssen, da McLaren, que surpreendeu ao ser o segundo mais rápido do dia, com o tempo de 1min40s494. Já o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, ficou na terceira colocação ao marcar 1min40s504.

Após liderar o primeiro treino livre, o alemão Nico Rosberg, companheiro de Hamilton na Mercedes e vice-líder do campeonato, ficou apenas na quarta colocação nas atividades desta sexta-feira da Fórmula 1 em Sochi com o tempo de 1min40s542. Ele ficou à frente do finlandês Valtteri Bottas, da Williams, o quinto mais rápido do dia, com 1min40s573.

O inglês Jenson Button, da McLaren, foi o sexto, enquanto o brasileiro Felipe Massa, da Willians, terminou na sétima colocação, com o tempo de 1min40s731, melhorando o seu desempenho em relação ao primeiro treino livre, quando ficou apenas em 11º lugar.

A lista dos dez mais rápidos do dia em Sochi foi completada pelo russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, pelo alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, e pelo francês Jean-Eric Vergne, também da Toro Rosso. Já o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, foi apenas o 11º mais rápido do dia.

Os pilotos da Fórmula 1 voltam a acelerar no circuito de Sochi neste sábado, quando será realizado o terceiro treino livre, às 5 horas (de Brasília). A sessão de classificação está marcado para as 8 horas, mesmo horário da largada do GP da Rússia no domingo.  

Leia tudo sobre: hamiltonmercedesnico rosbergformula 1gp da russiajules bianchimarussia