Pimentel teve quase o dobro de votos de Pimenta da Veiga

iG Minas Gerais | Da Redação |

A baixa aprovação da administração de Carlaile atingiu também o candidato do PSDB ao governo do Estado, Pimenta da Veiga. Para esse cargo, a votação tucana foi ainda pior.

Pimenta, que esteve na cidade por três vezes durante a campanha, conquistou apenas 58.570 votos em Betim, o que corresponde a 32,47% dos votos válidos para governador. Em 2010, o PSDB, com Anastasia, alcançou 56,81%. Naquele ano, quem enfrentava forte rejeição era o PT, com a gestão da ex-prefeita MDC.

Apesar de o Partido dos Trabalhadores não ter elegido nenhum deputado de Betim, o petista Fernando Pimentel, que se elegeu governador de Minas Gerais, teve praticamente o dobro da votação obtida por seu adversário tucano: foram 109.654 votos em Betim, ou 60,78% do total. Pimentel esteve apenas uma vez no município fazendo campanha.

Desde agosto, as pesquisas de intenção de voto já apontavam uma vitória tranquila de Pimentel na cidade, cenário que a organização da campanha tucana não conseguiu reverter.

Senado O tucano Antonio Anastasia foi o único candidato do PSDB a vencer o seu adversário em Betim. Mesmo assim, ele ficou à frente por uma pequena diferença de votos.

O ex-governador mineiro, que conquistou pela primeira vez uma vaga no Senado, conseguiu 77.033 votos (49,73%) dos betinenses, contra 70.254 (45,36%) de Josué Alencar (PMDB). Essa diferença, de apenas 4,37%, foi surpreendente, uma vez que as pesquisas de intenção de votos apontavam uma vitória mais ampla do tucano, o que constatou que até a votação de Anastasia esteve ameaçada na cidade.

Há quatro anos, quando foi candidato a governador de Minas, o tucano recebeu mais de 100.048 votos no município, quantidade 23% superior à obtida neste ano.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave