Lusa é condenada a pagar R$ 17 mi por venda de lateral

Clube foi punida por não ter pagado R$400 mil a LA Sports, referente a 20% da venda de Luis Ricardo ao São Paulo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Luis Ricardo foi um dos destaques da Portuguesa no último Campeonato Paulista
Divulgação/Portuguesa
Luis Ricardo foi um dos destaques da Portuguesa no último Campeonato Paulista

A crise na Portuguesa parece não ter fim. Além de estar na lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro e correr sérios riscos de ser rebaixado, o clube ainda vive problemas com a Justiça. Dessa vez o lateral Luis Ricardo, atualmente no São Paulo, é o pivô de um processo que vai custar R$ 17 milhões aos cofres do time do Canindé.

A Lusa negociou o jogador com o São Paulo, em novembro do ano passado por R$ 2 milhões, sendo que 20% desse valor pertencia a LA Sports. Os R$ 400 mil, contudo, não foram repassados à empresa, que conseguiu decisão favorável da Justiça para receber R$ 17 milhões. Isso porque inclui juros e multa já pré-estabelecidos no contrato.

Desde o final do ano passado, quando foi rebaixada à Série B pelo STJD, a Portuguesa vem passando por uma série de problemas. No Campeonato Paulista, não conseguiu avançar as quartas de final. Já na Série B, está na lanterna com apenas 21 pontos e beirando à Série C. Isso sem contar os constantes atrasos salariais.

Apesar da situação caótica, o técnico Vágner Benazzi evitar jogar a toalha e espera a reação contra o América-MG, no sábado, às 16h10, em Belo Horizonte. "Evoluímos muito nos últimos jogos e, hoje, somos um time. Temos de buscar a vitória a qualquer custo contra o América. Não podemos adiar", afirmou.

Leia tudo sobre: futebollusaportuguesaprocessojustiça