Aécio lança site para negar boatos da internet

gravou um vídeo que está sendo viralizado por mensagens de whats app, aplicativo de mensagens instantâneas de celular, em que apresenta a nova plataforma

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Aécio lança site para negar boatos da internet e diz nunca bateu na mulher
Divulgação
Aécio lança site para negar boatos da internet e diz nunca bateu na mulher

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, lançou nesta quinta-feira (9) um site para combater boatos veiculados na internet. O tucano gravou um vídeo que está sendo viralizado por mensagens de whats app, aplicativo de mensagens instantâneas de celular, em que apresenta o novo site e justifica sua apresentação: diz que os adversários estão assustados e que "vai vir a pancadaria e as ofensas". "Vamos combater as mentiras, com a verdade", afirma.

No filme, Aécio pede para que "sempre que tiver dúvida", o eleitor acesso o site aeciodeverdade.com.br. O endereço reúne uma série de notícias que circulam contra ele na internet. Uma das primeiras a ser rebatida pela equipe do tucano é a de que o presidenciável teria agredido a mulher, Letícia Weber, quando ainda eram namorados, em 2009.

"Aécio nunca agrediu uma mulher. (Ou melhor, nunca agrediu ninguém!) Um boato na internet diz que, em 2009, Aécio teria agredido sua então namorada em uma festa. Essa afirmação foi desmentida por Aécio na época e nunca surgiram provas concretas. O boato foi criado por opositores de Aécio em uma época que ele estava em destaque nacional por ser um potencial presidenciável. A namorada de Aécio à época era Letícia Weber, que também nega o boato. Em 2013, Letícia se casou com Aécio, e em junho desse ano, o casal teve os gêmeos Júlia e Bernardo", diz o texto.

A informação sobre a agressão foi publicada em novembro de 2009 pelo jornalista Juca Kfouri e ainda consta em seu blog no portal UOL, do grupo Folha. O texto exibe um adendo dizendo que a assessoria do tucano, já naquela época negou a agressão. "Às 15h18, o blog recebeu nota da assessoria de imprensa do governo mineiro desmentindo a informação e a considerando caluniosa. O blog a mantém inalterada", escreveu Kfouri.

O site lançado por Aécio também desmente notícias de que ele planejaria privatizar a Petrobras e de que acha que o salário mínimo está alto e pretende diminuir. Ambas estão sendo usadas pela campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) para empurrar o adversário a uma agenda do "nós contra eles".

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave