Em baixa, Jô ainda mantém sonho de seleção brasileira

Atacante se mostra tranquilo e confiante na recuperação de seu futebol; para ele, convocação é condicionada pelo momento, não pelo esquema tático

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Jô se destacou com a seleção brasileira na Copa das Confederações e é destaque no Galo
VIPCOMM/DIVULGAÇÃO
Jô se destacou com a seleção brasileira na Copa das Confederações e é destaque no Galo

Há 21 jogos sem marcar, Jô está bem aquém dos desempenhos arrebatadores que o fizeram ser convocado por Luiz Felipe Scolari para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo deste ano. O jogador ainda passou por momentos complicados extra-campo e também enfrentou uma lesão que o fez perder a vaga de titular no ataque alvinegro.

Mas Jô não perde a esperança de ainda defender a seleção brasileira, mesmo com Dunga priorizando um esquema sem a necessidade de um atacante fixo.

"Acho que tudo depende do desempenho no clube, se eu voltar a fazer gol, jogar bem. Acredito que qualquer jogador que tiver se destacando no momento tem chances. O que faz voltar à seleção é o desempenho dentro do clube", disse.

Apesar da reconhecida má fase, Jô se mostra tranquilo e bastante confiante na recuperação de seu futebol. Contra o Fluminense, nesta quinta-feira, ele terá mais uma vez a oportunidade de ser a referência ofensiva do Galo. Diante dos rivais cariocas, justamente em seu momento de alta, o camisa 7 se mostrava um atacante letal.

"Acabei tendo estatísticas boas contra os cariocas naquele período. Nada melhor do que retornar ao Rio e voltar a fazer gols", concluiu Jô.

Leia tudo sobre: futebol nacionalatléticogaloseleção brasileiradunga