Youssef afirma que Lula permitiu que aliados empossassem Costa

Em depoimento prestado à Justiça Federal, o doleiro disse à Justiça Federal que ex-presidente Luiz Inácio deixou-se influenciar pelos partidos políticos acusados de envolvimento nas fraudes da companhia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Alberto Youssef teria recebido dinheiro de obra superfaturada
JOEDSON ALVES/EST. CONTEÚDO - 18.10.2005
Alberto Youssef teria recebido dinheiro de obra superfaturada

Em depoimento prestado à Justiça Federal, Alberto Youssef afirmou que o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, deixou-se influenciar pelos partidos políticos acusados de envolvimento nas fraudes da Petrobras, permitindo que Paulo Roberto Costa assumisse a diretoria de Abastecimento da companhia.

O doleiro disse ainda que reunia-se junto com o ex-diretor da Petrobras e agentes políticos que estavam envolvidos nas operações de fraude. Os encontros aconteciam em hotéis do Rio e de São Paulo, além também de algumas casas de políticos. Com frequência quase diária,  Youssef encontrava com políticos. E ainda, a cada duas semanas, reunia-se com Paulo Roberto Costa.

Ainda durante o depoimento, Alberto Youssef afirmou ainda que era responsável pela distribuição das comissões pagas pelo superfaturamento das obras da companhia. 60 % do dinheiro era entregue para os supostos agentes políticos, 30% ficava com o ex-diretor Paulo Roberto Costa, 5% para João Claudio Genu, ligado ao PP, e ele mesmo ficava com os outros 5%. No caso da empresa Camargo Corrêa, o valor dividido foi de 10% de cada tubo fornecido pela Sanko Sider. As informações foram divulgadas pelo portal "O Globo". 

 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave