Grupo de 42 refugiados sírios chega ao Uruguai

O governo uruguaio colocou um psicólogo e um assistente social para acompanhar a adaptação dos refugiados ao país; eles também receberão aulas de espanhol e ficarão abrigados em uma casa de religiosos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Chega nesta quinta (9) ao Uruguai um grupo de 42 refugiados sírios, pertencentes a cinco famílias. Em fevereiro, devem chegar outros 78 sírios.

Por exigência do Uruguai, a maioria dos refugiados é de menores de idade, mas há pelo menos um adulto em idade produtiva em cada família, que são numerosas (há uma com 12 filhos e outra com 10).

O governo uruguaio colocou um psicólogo e um assistente social para acompanhar a adaptação dos refugiados ao país. Eles também receberão aulas de espanhol e, provisoriamente, ficarão abrigados em uma casa de religiosos.

Apoio

A maioria dos uruguaios, 69%, apoia a chegada das famílias, de acordo com uma pesquisa publicada pela revista "Busqueda", encomendada ao instituto Cifra.

Os que discordam são identificados com partidos de oposição: entre simpatizantes dos partidos Nacional e Colorado.

O presidente José Mujica, que está em fim de mandato, afirmou que irá propor, em um encontro da Unasul, que essa entidade se envolva mais em questões de refúgio.

Leia tudo sobre: RefúgioConflitoSíriaUruguaiMundoJosé Mujicafamíliasabrigo