Meta é 70% dos votos baianos

Dilma desembarca em Salvador nesta quinta, onde promove um encontro com lideranças do PT no Estado e participa de uma caminhada na Cidade Baixa, até a igreja do Bonfim

iG Minas Gerais |

Salvador. Após conquistar o governo baiano por mais quatro anos, com a eleição em primeiro turno de Rui Costa, o PT trabalha com a meta de ampliar a votação da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff em 10% no Estado, no segundo turno, na comparação com os votos obtidos no domingo.

Dilma obteve ampla maioria no primeiro turno na Bahia, com 61,4% dos votos válidos – tanto Marina Silva (PSB) quanto Aécio Neves (PSDB) conquistaram pouco mais de 18% cada.

Se a direção petista alcançar o objetivo, Dilma terá um resultado similar, neste ano, ao obtido no segundo turno de 2010 no Estado, quando conquistou 70,85% dos votos, na disputa contra José Serra (PSDB).

“Nas próximas três semanas, vamos trabalhar para ampliar a votação que a presidente Dilma teve no Estado em 10%. A estratégia é visitar as cidades nas quais a votação da presidente Dilma foi menor que os 61% da média”, explicou Costa, em entrevista à TV Bahia, na tarde desta quarta.

“Também pretendo visitar as cidades de Iraquara e Barra dos Mendes, onde tanto a presidente quanto eu tivemos 90% dos votos. Vai ser difícil conseguirmos ampliar a votação nessas cidades, mas vou agradecer o apoio e a confiança.”

Dilma desembarca em Salvador nesta quinta, onde promove um encontro com lideranças do PT no Estado e participa de uma caminhada na Cidade Baixa, até a igreja do Bonfim.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave