Urnas biométricas podem ser substituídas em Niterói

Segundo o tribunal, a legislação prevê que o horário eleitoral gratuito comece 48 horas após o resultado oficial

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Urnas biométricas podem ser substituídas em Niterói
Urnas biométricas podem ser substituídas em Niterói

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) decidiu, por unanimidade, na sessão desta quarta-feira (8), que as urnas biométricas usadas no primeiro turno da eleição em Niterói, na região metropolitana do Rio, podem ser substituídas pelas eletrônicas convencionais.

O TRE-RJ, no entanto, ainda fará uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber se a substituição das cerca de 1,3 mil urnas utilizadas no domingo (5) pode ser feita. De acordo com o tribunal do Rio, o vice-presidente do órgão, desembargador Edson Vasconcelos, irá a Brasília para relatar aos ministros do TSE os problemas ocorridos na cidade, que usou urnas biométricas pela primeira vez neste ano. Naquele dia muitos eleitores não conseguiram ter a identificação verificada com o sistema de biometria e precisaram passar para a votação manual.

Também na sessão de hoje, o TRE-RJ proclamou o resultado provisório da eleição para governador, o que permite o início do horário eleitoral gratuito a partir de sexta-feira (10). Segundo o tribunal, a legislação prevê que o horário eleitoral gratuito comece 48 horas após o resultado oficial.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave