Ídolo eterno da Massa, 'São Victor' recebe a Medalha da Inconfidência

Camisa 1 do Galo foi agraciado com mais alta comenda concedida pelo Governo do Estado de Minas Gerais

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA E JOSIAS PEREIRA |

Goleiro Victor coleciona várias conquistas individuais desde que chegou ao Atlético, em 2012
OMAR FREIRE
Goleiro Victor coleciona várias conquistas individuais desde que chegou ao Atlético, em 2012

O goleiro Victor estará para sempre na galeria dos maiores nomes da história do Atlético, pelos milagres operados e as alegrias que deu à Masa durante a trajetória do título da Libertadores de 2013, conquistado pelo Galo. Desde o ano passado, ele vem colecionando troféus, prêmios e presentes em função dos serviços prestados ao clube. E nesta quarta-feira, veio mais um reconhecimento.

O arqueiro alvinegro recebeu a Medalha da Inconfidência, a mais alta comenda concedida pelo Governo de Minas Gerais. Trata-se de um objeto conferido a pessoas que contribuíram para a projeção do Estado.

“É uma honra, sem dúvida. Fico feliz que o futebol possa me proporcionar situações como essa. A carreira de atleta um dia acaba e depois o que fica é o que você fez dentro e fora de campo. O legado que você deixou", disse o jogador.

O 'São Victor' chegou ao Atlético em meados de 2012, mas foi no ano seguinte que ganhou o status de ídolo, graças às defesas extraordinárias na Libertadores, incluindo o milagre do Horto, contra o Tijuana-MEX, e os outros pênaltis, diante de Newell's Old Boys-ARG e Olimpia-PAR.

Com o uniforme preto e branco, obteve os títulos da Libertadores e do Mineiro de 2013, a Recopa de 2014 e o vice do Brasileiro de 2012. Ao todo, disputou 133 partidas e levou 140 gols.

"Eu e minha esposa fomos muito bem recebidos no clube, na cidade e no estado, de uma maneira geral. Minas Gerais é um lugar maravilhoso de se viver e estou orgulhoso por ser lembrado para receber a Medalha da Inconfidência”, concluiu Victor.

Leia tudo sobre: AtleticoTaloVictor