Mulher mata homem com 40 facadas e alega que ele invadiu sua casa

Testemunha contou à polícia que vítima teria ido ao imóvel a convite da própria suspeita

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma mulher de 26 anos foi presa após matar um jovem com 40 facadas, nessa terça-feira (7), em Corint6o, na região Central do Estado. Para a Polícia Militar, a suspeita alegou que matou porque a vítima havia invadido sua casa.

De acordo com o boletim de ocorrência da corporação, militares foram acionados pelo pai da mulher. Ele contou que escutou Celso Geraldo Júnior, de 25, pedir socorro. Ele estava no quintal e apresentava várias perfurações pelo corpo.

Após o crime, a mulher fugiu, mas horas depois foi capturada. Aos policiais, a jovem confessou o homicídio, mas disse que foi em legítima defesa. Segundo ela, Júnior teria invadido o seu imóvel, localizado na rua Juvenal Guerra, do bairro Manoel da Frota.

Ao ver o homem no quintal, ela pegou uma faca e começou com as agressões. A vítima correu, caiu debaixo de uma mangueira e foi esfaqueado várias vezes. Mesmo ferido, Júnior conseguiu se levantar, mas andou poucos metros e caiu perto de um pé de bananeira. Lá, ele foi agredido novamente..

Segundo a perícia, ele levou facadas no abdômen, braços, peito e costas. A suspeita foi levado para a delegacia de Curvelo.

Outra versão

Uma testemunha contestou a versão apresentada pela suspeita. Segundo ela, Júnior não invadiu a casa. Ele teria sido convidado pela própria autora para consumir bebidas alcoólicas no imóvel na companhia de outras pessoas.

Porém, a testemunha não soube informar se houve algum atrito entre a vítima e a criminosa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave