Alonso já assinou com a McLaren, afirma Niki Lauda

Em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo, ex-piloto e diretor da Mercedes, Niki Lauda confirma a negociação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O espanhol estreou na Fórmula 1 em 2001, com 20 anos, correndo pela equipe Minardi-European. Em 2005, o piloto conquistou o seu primeiro título, pela Renault, se tornando o campeão mais jovem da F1. O feito foi batido por Lewis Hamilton em 2008. Alonso voltou a ser campeão em 2006, também pela Renault
Divulgação/ Facebook Ferrari
O espanhol estreou na Fórmula 1 em 2001, com 20 anos, correndo pela equipe Minardi-European. Em 2005, o piloto conquistou o seu primeiro título, pela Renault, se tornando o campeão mais jovem da F1. O feito foi batido por Lewis Hamilton em 2008. Alonso voltou a ser campeão em 2006, também pela Renault

As especulações sobre o fim do “casamento” entre Fernando Alonso e a equipe italiana Ferrari, e a transferência do piloto para a britânica McLaren ganharam força nos últimos dias. E o espanhol já teria assinado o contrato com a equipe inglesa. Quem garante é o ex-piloto, Niki Lauda, atual diretor da Mercedes.

Lauda confirmou em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo, que Alonso já teria assinado o contrato com a McLaren. Segundo o austríaco, o piloto assinou o documento na última quinta-feira, antes do GP do Japão.

A confirmação de Lauda vem para contradizer o chefe de equipe da McLaren, Ron Dennis, que na última semana desmentiu os boatos de que Alonso representaria a escuderia na F1 em 2015. Porém, há uma versão de que o espanhol estaria assinando o contrato direto com a montadora japonesa Honda, que na próxima temporada vai fornecer os motores para a McLaren.

Com a saída de Alonso, o alemão Sebastian Vettel da Red Bull Racing vai assumir o seu posto na Ferrari. Para 2015, a RBR vai ter como dupla de pilotos o australiano Daniel Ricciardo e o russo Daniel Kyat, estreante na Toro Rosso.

Fora essas especulações, Niki Lauda garantiu que o inglês Lewis Hamilton - líder do campeonato - continuará na Mercedes em 2015. "Hamilton estará conosco no próximo ano e espero que por várias outras temporadas", disse o diretor da Mercedes ao jornal Mundo Deportivo. O próprio piloto já demonstrou a sua satisfação com a escuderia alemã e afirmou que pretende ficar por mais tempo na equipe.  

Leia tudo sobre: fernando alonsoferrarimclarenformula 1f1corridaniki lauda