Léo destaca sede por vitórias e foco em mais uma 'final'

Na caminhada em busca do título brasileiro, zagueiro diz que cada rodada tem um caráter decisivo para o Cruzeiro

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Léo espera se manter na equipe no duelo com o Flamengo, já que Bruno Rodrigo cumprirá suspensão
Washington Alves/VIPCOMM
Léo espera se manter na equipe no duelo com o Flamengo, já que Bruno Rodrigo cumprirá suspensão

De volta ao time titular para substituir Dedé, que vai cumprir suspensão, o zagueiro Léo faz questão de deixar claro que o duelo com o Corinthians será mais uma final par ao Cruzeiro, apesar da diferença de treze pontos que separam os dois times. O confronto está marcado para esta quarta-feira, às 22h, no Mineirão, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Segundo as contas dos matemáticos, a Raposa precisa de pelo menos mais seis vitórias nos 12 jogos que restam até o fim do Nacional para garantir o título. Ciente de que a as chances são grandes, Léo destaca a importância de manter a seriedade e o ritmo intenso em cada rodada, além de cumprir a meta principal estabelecida pelo Cruzeiro, que é vencer sempre em casa.

“A gente ainda tem 12 rodadas que é necessário, a cada jogo que estamos fazendo, encarar como uma decisão. É um jogo decisivo, importante na nossa caminhada. Precisamos superar as adversidades do jogo. Sabemos que passo a passo estaremos próximos do nosso objetivo”, avaliou.

Para explicar a grande fase do Cruzeiro, que lidera o campeonato desde a sexta rodada e já provou sua força seja vencendo com propriedade ou na base da superação, Léo pontua a ambição dos jogadores que defendem a equipe celeste, sempre lutando para alcançar novas conquistas e manter o nível elevado.

“Jogadores que não se acomodam, querem sempre mais, tem essa competitividade interna que é sadia, normal. É natural que exista, para que o nível da equipe cresça e venha todo mundo buscar o seu melhor. Para que o objetivo seja conquistado, que são as vitórias. Cada um cresce, aumenta o seu nível de acordo com os jogos que vem vindo. Isso é bom e quem tem a ganhar é o Cruzeiro”, disse.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposaleozagueirofutebolliderbrasileirotitulo