Sobrinho mata tio a golpes de enxada após achar que ele era pedófilo

Antes de ser morta, vítima ainda foi atacada a facadas; vizinhos contaram à polícia que suspeito era tratado pelo homem como filho

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 24 anos foi preso em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, após assassinar brutalmente o próprio tio a golpes de enxada, na última segunda-feira (6). O suspeito confessou o crime a policiais militares e disse que cometeu o homicídio porque a vítima era pedófila.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, um vizinho acionou a corporação após ouvir gritos de socorro. Quando a viatura chegou no imóvel, localizado na rua Bianos de Paula Dias, no bairro Maria Eugênia, militares já encontraram Pedro Venâncio da Costa, de 56 anos, sem vida.

O suspeito estava na garagem da residência e contou como tudo aconteceu. Na versão do criminoso, ele pegou duas facas na cozinha e esperou o tio sair do banheiro. Em seguida, o jovem desferiu alguns golpes de facada na vítima, que saiu correndo para fora da casa.

Já no quintal, para se defender, Costa pegou uma enxada e agrediu o sobrinho pelas costas. Depois disso, o jovem conseguiu desarmá-lo e o atacou com a mesma ferramenta. A vítima morreu na hora.

Após ser preso em flagrante, o suspeito foi encaminhado à delegacia de plantão da cidade.

Vítima era querida pelos vizinhos

Vizinhos contaram à polícia que desconheciam qualquer envolvimento de Costa em casos de pedofilia. Moradores da rua contaram que ele era considerado uma pessoa tranquila e trabalhadora.

O homem criava o suspeito desde criança e o considerava como filho. O jovem teria sido preso algumas vezes, mas sempre retornava para casa e tinha o apoio da vítima.

O corpo de Costa foi sepultado nessa terça-feira (7).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave