Prefeito Itapecerica decreta estado de emergência por falta de água

A partir de agora, cidadão que for flagrado desperdiçando o recurso natural será multado em R$ 120

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Prefeito decreta situação de emergência
Prefeito decreta situação de emergência

A prefeitura de Itapecerica, município do Centro-Oeste de Minas, tomou medidas drásticas para tentar amenizar os impactos da falta de água no município. Nesta terça-feira (7), o prefeito da cidade, Antonio Dianese, decretou estado de emergência devido à prolongada estiagem.

Uma publicação da prefeitura do município apresenta para a população medidas restritivas ao uso de água potável. A partir de agora, por meio do decreto 037/2014, o cidadão que for flagrado desperdiçando água será multado em R$ 120. 

Ainda conforme o texto, o uso de água em desconformidade será fiscalizado por fiscais da prefeitura e pela Copasa. Também será aplicada multa por reincidência.

O município vem adotando a medida para tentar diminuir o impacto da falta de água nas bacias que abastecem a cidade. Há alguns meses, a cidade tem praticado rodízios de abastecimento, manobras da Copasa e utilizado apoio de caminhões-pipa, no entanto, nada foi o suficiente.

Estiagem em Minas

Para moradores da cidade de Oliveira, também na região Centro-Oeste do Estado, a situação é pior. Isso porque estudantes tiveram as aulas suspensas por falta de água. A medida foi tomada pela prefeitura do município e as crianças não frequentam as salas de aulas desde o dia 3 de outubro.

Em Belo Horizonte, alguns bairros também sofrem com a defasagem no abastecimento. Moradores do bairro Padre Eustáquio, na região da capital, denunciam interrupção no abastecimento diariamente.

Já em Esmeraldas, na Grande BH, o consultor comercial Gustavo Tarso Dutra, de 38 anos, contou à reportagem que, em seis dias, registrou 16 protocolos em função de falta de água no bairro bairro Pousada do Lago. "Consegui contato com o gerente da regional e ele falou que era problema de queda de energia. Já pelo telefone falaram várias vezes que era problema na bomba d'água e que já estaria sendo resolvido", explicou. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave