Telefônica e GVT devem apresentar proposta de integração à Anatel

A compra da GVT pelo grupo espanhol Telefônica foi anunciada no mês passado; a questão da manutenção da marca GVT ainda não está definida

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A proposta de integração entre as operadoras Telefônica e GVT deverá ser apresentada à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) até a próxima quarta-feira (8). Disse nesta terça-feira (7) o presidente da Telefônica no Brasil, Antônio Carlos Valente, que esteve reunido com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, acompanhado do presidente da GVT, Amos Genish.

Segundo Valente, a operação deve ser protocolada no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) até o fim do mês, mas as duas empresas já apresentaram ao órgão as características da operação. Ele revelou que o desejo das empresas é que a operação possa ser finalizada no primeiro semestre do ano que vem. “É uma operação que tem muito pouca preocupação sob a ótica regulatória e concorrencial. Mas o prazo é o dos organismos regulatórios”, disse.

A questão da manutenção da marca GVT ainda não está definida, mas Valente destacou que a empresa tem uma grande equipe de gestão. “O nosso interesse é que o Amos continue conosco, junto com toda a equipe da GVT, mas não podemos responder por ele”.

A compra da GVT pelo grupo espanhol Telefônica foi anunciada no mês passado. A Telefônica vai pagar 4,6 bilhões de euros ao grupo francês Vivendi, que também vai receber 7,4% das ações da Telefônica Brasil, no valor de 2 bilhões de euros, e 5,7% das ações da Telecom Italia pertencentes à Telefônica, no valor de 1 bilhão de euros. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave