Musa do vôlei, Luciane Escouto anuncia aposentadoria precoce

Jogadora fez o anúncio em rede social; além de estar grávida, Escouto preferiu retornar ao curso de fisioterapia, além de ver o ombro apresentar dores constantes

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Luciane Escouto foi comandada por Bernardinho por uma temporada
Reprodução - Facebook
Luciane Escouto foi comandada por Bernardinho por uma temporada

Uma das mais belas jogadoras do vôlei brasileiro não irá mais presentear os torcedores com sua presença. A central Luciane Escouto divulgou, por meio de sua conta em uma rede social, que está abandonando as quadras.

A jogadora afirmou que sentia muitas dores no ombro, além de ter um grande desejo de finalizar o curso de fisioterapia. Além disso, ela também anunciou que será mãe. A união dos fatores fez com que ela tomasse a difícil decisão.

"Essa temporada ainda recebi uma proposta, mas achei que não estava de acordo com o que eu queria, então decidi que já estava mais do que na hora voltar a estudar. Há muito tempo tinha trancado minha faculdade de fisioterapia e sentia muita vontade de concluir meu curso", lembra a jogadora, que defendeu times como Mackenzie, Rexona Ades-RJ e Barueri.

O fato de ter recebido a notícia de ser mãe veio depois da sua tomada de decisão. A novidade só reforçou a ideia de que era hora de novos desafios.

"Estou com 2.7, meu ombrinho não é o mesmo, sentia muitas dores ao longo da temporada. Então, percebi que a hora de parar tinha chegado. Uma semana depois de dar todo andamento nos papeis de transferência da faculdade, recebo a melhor e mais amada noticia que vou ser mamãe. Sempre sonhei em ser mãe, mas achei que iria demorar mais um pouquinho", relata.

Luciane, que já fez vários trabalhos de modelo, além de ter participado de concursos de miss, é casada com o fisioterapeuta Alison Monteiro.