Vendas a prazo caem 0,10% em setembro, aponta CNDL/SPC

No consolidado dos nove primeiros meses do ano, as vendas parceladas tiveram queda de 0,91% na comparação com o mesmo período de 2013

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Setembro apresentou queda de 0,10% no indicador de consultas para vendas a prazo no comércio, em comparação com o mesmo mês de 2013. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 06, pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Em relação a agosto, o índice subiu 0,43%. No consolidado dos nove primeiros meses do ano, as vendas parceladas tiveram queda de 0,91% na comparação com o mesmo período de 2013.

O maior rigor no processo de concessão de crédito pelos lojistas é resultado da fraqueza do cenário econômico, afirma o presidente da CNDL, Roque Pellizaro Junior, em nota distribuída à imprensa. "O momento é menos favorável ao consumo das famílias uma vez que aumentou o custo para o consumidor comprar a prazo" diz. Ele ainda espera leve recuperação das vendas nos próximos meses, em decorrência das contratações de fim de ano e do aumento no poder de compra proporcionado pelo pagamento de dissídios salariais e 13º salário.

A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kwauti, cita os juros elevados sobre o crédito, a estagnação da massa salarial e a baixa na criação de empregos como principais influenciadores da queda registrada em setembro. O nível elevado e persistente da inflação também contribuiu para o mau resultado, segundo Kwauti.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave