Ex-ministro da Economia da Argentina é absolvido na Justiça

A operação é conhecida na Argentina como a "megatroca"; Cavallo, ministro que liderou o negócio, foi processado em 2006 por ela

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O ex-ministro da Economia da Argentina, Domingo Cavallo, foi absolvido na Justiça de uma acusação por negociações incompatíveis com a administração pública por trocas de títulos de dívida do país em 2001. No fim daquele ano, a Argentina não tinha dinheiro para pagar um dos vencimentos da dívida. O governo de então ofereceu trocar os títulos em troca de um pagamento de juros maiores no futuro.

A operação é conhecida na Argentina como a "megatroca". Cavallo, ministro que liderou o negócio, foi processado em 2006 por ela. A alegação era de que os bancos que fizeram as trocas ganharam muito dinheiro e pelo aumento da dívida decorrente do aumento dos juros devidos.

Pouco tempo depois da "megatroca", a Argentina decretou um calote e ficou anos sem pagar nada. Em 2005, reformou todos os seus títulos, oferecendo pagar cerca de 30% do valor anterior. Neste ano, alguns credores que não aceitaram essa negociação de 2005 venceram a Argentina na Justiça dos EUA e bloquearam o pagamento aos outros credores.

Absolvição

Após ser absolvido, Cavallo criticou a presidente Cristina Kirchner e disse que o país deve sofrer uma nova crise, "com custos sociais tão graves" como a de 2001.

Ele disse ser um bode expiatório dos problemas econômicos e sociais daquele ano e lembrou que o casal Kirchner o apoiava quando era ministro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave