Bairro de Esmeraldas estaria há seis dias sem receber água

Após registrar 16 protocolos por telefone e não obter nenhuma resultado, morador decidiu procurar O TEMPO

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Após seis dias sem água em casa e 16 protocolos feitos pelo atendimento telefônico da Copasa, um morador do bairro Pousada do Lago, em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte, resolveu procurar O TEMPO para denunciar o descaso da empresa estatal com a população da região. 

Conforme o consultor comercial Gustavo Tarso Dutra, de 38 anos, ele se mudou para o bairro com a esposa há cerca de um mês. Desde sempre ele notou que nos fins de semana a água só chegava à caixa d'água durante a noite. "O problema foi que há seis dias estamos sem sair uma gota de água da torneira. Já entrei em contato com eles várias vezes, que sempre pedem 24h para solucionar o problema", explicou. 

No total os funcionários da Copasa teriam registrado 16 protocolos, tendo finalizado dois deles como se o problema tivesse sido resolvido. "Consegui contato com o gerente da regional e ele falou que era problema de queda de energia. Já pelo telefone falaram várias vezes que era problema na bomba d'água e que já estaria sendo resolvido", lamentou o morador. 

Desde então ele tenta se virar na casa de conhecidos, lavando roupa e tomando banho na casa da sogra. "Mas tem gente da vizinhança, igual uma moradora de frente para mim, que tem cinco filhos e tem que se virar sem água. É uma situação degradante", finalizou. Ainda segundo ele, certamente inúmeros outros moradores também fizeram protocolos reclamando do problema. 

Resposta

Procurada, a Copasa informou por meio de sua assessoria de imprensa que, desde o dia primeiro de outubro, vem ocorrendo quedas de tensão no sistema de energia elétrica do bairro Pousada do Lago, em Esmeraldas. "Com isso, as bombas dos poços profundos que abastecem o bairro ficam constantemente desligadas no período da noite, causando intermitência no abastecimento de água. A Copasa já solicitou à empresa fornecedora de energia a regularização da situação e, paliativamente, disponibilizou um caminhão-pipa para atender aos moradores da parte alta do bairro, até a regularização do problema". 

Leia tudo sobre: copasasem águaposada do lagohá seis diasproblemafalta de água