Facebook Messenger terá envio de dinheiro para amigos, diz hacker

Em junho, o Facebook anunciou que o ex-presidente da plataforma de pagamentos on-line PayPal, David Marcus, havia se tornado o chefe dos produtos de mensagem da empresa

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Postar muitas vezes nos perfis alheios pode não ser visto com bons olhos pelos amigos
Divulgação
Postar muitas vezes nos perfis alheios pode não ser visto com bons olhos pelos amigos

Capturas de tela divulgadas por um estudante de Stanford mostram que o novo aplicativo de mensagens do Facebook deverá permitir transações financeiras entre amigos no futuro.

Andrew Aude, que cursa ciência da computação na universidade americana, demonstrou o recurso -cujo código foi descoberto em setembro- usando uma ferramenta de hackers para iOS e Mac, segundo o site "TechCrunch".

Também em vídeo gravado para o "TechCrunch", Aude mostra que será possível adicionar um cartão de débito como método de pagamento (ou utilizar a opção já vinculada à conta do Facebook do usuário) e um código de quatro dígitos para oferecer segurança.

Inicialmente, o Messenger permitiria apenas cartões de débito e envio de dinheiro para um amigo. Mais tarde, o aplicativo aceitaria outros métodos de pagamento e múltiplos envios de uma só vez.

Não é claro se o Facebook vai cobrar uma taxa pelas transações. Ao site, Aude especula que serão gratuitas num primeiro momento. "Devem adicionar uma taxa de US$ 1 no futuro." Mas nada confirmado.

Em junho, o Facebook anunciou que o ex-presidente da plataforma de pagamentos on-line PayPal, David Marcus, havia se tornado o chefe dos produtos de mensagem da empresa. Um mês depois, Mark Zuckerberg afirmou que "mensagens e pagamentos eventualmente se encontrariam", mas que isso levaria ainda um tempo.

Com esse recurso no Messenger, o Facebook traria um diferencial para seu aplicativo de chat instantâneo e ainda poderia monetizá-lo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave