Médico norte-americano está livre do vírus ebola

Missionário tinha recebido uma primeira alta em setembro, mas após tosse e febre, voltou a ser internado

iG Minas Gerais | Da Redação |

O médico norte-americano diagnosticado com ebola no mês passado foi declarado curado pelas autoridades de saúde norte-americanas.

Rick Sacra, um missionário de 51 anos que foi infectado pelo ebola na Libéria, recebeu alta do hospital em 25 de setembro, depois de os médicos revelarem que ele tinha se recuperado da doença. No entanto, Sacra voltou a ser internado no Memorial Medical Center em Worcester, Massachusetts, nesse sábado (4), queixando-se de tosse e febre, ainda que baixa. Ele foi colocado em isolamento.

Nesse domingo (5), os exames do Centro de Controle e Prevenção de Doenças indicaram que o paciente não tinha ebola.

"Vamos retirar o dr. Sacra do isolamento e os seus médicos vão continuar o tratamento de rotina para combater a infecção do trato respiratório superior", informou o hospital em comunicado.

Leia tudo sobre: ebolamédicomissionário