“Eleição mostra derrota da arrogância”, diz Pimentel

Candidato ainda prometeu cumprir as promessas da campanha como piso salarial nacional para os professores e douglas magno

iG Minas Gerais | Isabela Lacerda |

Eleicoes 2014
POLITICA - BELO HORIZONTE MG - BRASIL - 5.10.2014
Candidato do PT, Fernando Pimentel  e eleito novo governador de Minas Gerais. Na foto, com o candidato a vice, Antonio Andrade do PMDB
Foto: Douglas Magno / O Tempo
Douglas Magno / O Tempo
Eleicoes 2014 POLITICA - BELO HORIZONTE MG - BRASIL - 5.10.2014 Candidato do PT, Fernando Pimentel e eleito novo governador de Minas Gerais. Na foto, com o candidato a vice, Antonio Andrade do PMDB Foto: Douglas Magno / O Tempo

Fernando Pimentel chegou no comitê da campanha na avenida Afonso Pena por volta das 21h30 deste domingo (5), só depois que 100% das urnas já tinham sido apuradas e ele saído vitorioso. Em pronunciamento o governador eleito disse que sua vitória mostra “a derrota da arrogância”. “A derrota dos que disseram que teriam 4 milhões de votos de frente e tiveram uma diferença de 1 milhão de votos contra”, declarou Pimentel.

Ao lado do eleito vice-governador eleito Antônio Andrade e da bancada de deputados estaduais e federais eleitos neste domingo, o petista disse que a partir desta segunda-feira (6) vai começar o processo de transição e procurar o atual governador Alberto Pinto Coelho para se inteirar da situação do estado.

Ele disse ainda que vai formar uma comissão técnica para fazer a transição. Sobre a campanha da presidente Dilma em Minas Gerais no segundo turno Pimentel foi evasivo e disse que o governador Fernando Pimentel não vai trabalhar pela campanha da presidente em Minas e sim que o cidadão Fernando Pimental irá fazer esse trabalho.

Ainda durante o pronunciamento, o petista prometeu cumprir as promessas de campanha, entre elas o pagamento do piso nacional dos professores e o aumento efetivo de policiais nas ruas. Ele garantiu ainda que deverá ter maioria de deputados na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Pimentel contou que recebeu um telefonema da Dilma o parabenizando e não recebeu nenhuma ligação de Pimenta da Veiga. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave