Bancada mineira no Congresso tem renovação de 32%

Assim como aconteceu na Assembleia de Minas, houve pouca reestruturação, com apenas 17 novos nomes na Casa

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Garantias individuais perdem espaço para defesa da segurança de toda a sociedade
LUIS MACEDO / AGÊNCIA CÂMARA - 19.4.2013
Garantias individuais perdem espaço para defesa da segurança de toda a sociedade

Assim como na Assembleia de Minas, a renovação de deputados federais por Minas sofreu pouca renovação. A Câmara Federal terá apenas 17 novos nomes vindos do Estado, o que representa uma mudança de 32%.

Com isso, a partir de janeiro, tomarão posse os seguintes novos representantes dos mineiros no Congresso:

Edson Moreira (PTN) Dâmnia Pereira (PMN) Brunny (PTC) Raquel Muniz (PSC) Mario Heringer (PDT) Tenente Lúcio (PSB) Marcelo Aro (PHS) Marcelo Alvaro Antonio (PRP) Adelmo Leão (PT) Laudívio Carvalho (PMDB) Rodrigo Pacheco (PMDB) Newton Cardoso Jr (PMDB) Patrus Ananias (PT) Caio Narcio (PSDB) Jaiminho Martins (PSD) Odelmo Leão (PP) Misael Varella (DEM)

Além destes, velhos nomes continuam com a cadeira em Brasília. São eles:

Rodrigo de Castro (PSDB) Toninho Pinheiro (PP) Domingos Sávio (PSDB) Marcus Pestana (PSDB) Eduardo Barbosa (PSDB) Dimas Fabiano (PP) Bilac Pinto (PR) Luiz Fernando (PP) Marcos Montes (PSD) Diego Andrade (PSD) Zé Silva (SD) Carlos Melles (DEM) Renzo Braz (PP) Paulo Abi-Ackel (PSDB) Lincoln Portela (PR) Aelton Freitas (PR) Bonifácio Andrada (PSDB) Reginaldo Lopes (PT) Odair Cunha (PT) Gabriel Guimarães (PT) Weliton Prado (PT) George Hilton (PRB) Mauro Lopes (PMDB) Leonardo Quintão (PMDB) Leonardo Monteiro (PT) Padre João (PT) Saraiva Felipe (PMDB) Miguel Correa (PT) Margarida Salomão (PT) Jô Moraes (PCdoB) Luis Tibé (PTdoB) Stefano Aguiar (PSB) Júlio Delgado (PSB) Subtenente Gonzaga (PDT) Fábio Ramalho (PV) Eros Biodini (PTB)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave