TRE do Acre não sabe explicar os motivos do atraso das votações

Na capital Rio Branco, muitos eleitores ainda se encontravam nas filas das seções após o horário oficial para o encerramento das votações

iG Minas Gerais |

A votação do primeiro turno no Acre foi além do horário previsto. Na capital Rio Branco, muitos eleitores ainda se encontravam nas filas das seções após o horário oficial para o encerramento das votações.

Consultada pela Agência Brasil, a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), não soube precisar o motivo. Segundo o órgão, entre os fatores que podem ter contribuído para a demora no encerramento da votação foi a biometria, usada pela primeira vez na capital.

Com mais de 232 mil eleitores, Rio Branco concentra a maior parte do eleitorado do Estado. O TRE também creditou o atraso ao tamanho das eleições gerais, que concentram um número maior de candidatos do que nas eleições municipais. Ainda segundo o tribunal, em todo o estado 11 urnas foram substituídas.

Já o Ministério Público do Acre (MP-AC) informou ter recebido 168 denúncias de crimes eleitorais, como boca de urna, propaganda irregular e compra de votos. Oito pessoas foram presas, dessas, duas candidatas. O balanço final será divulgado nesta segunda-feira.

No Acre, quatro candidatos disputam o cargo de governador. O atual governador do Acre e candidato do PT à reeleição, Tião Viana, Tião Bocalom (DEM), Márcio Bittar (PSBD) e Antônio Rocha do PSOL.

Agência Brasil

Leia tudo sobre: eleições 2014política