Corinthians promete se posicionar sobre Emerson Sheik

Atacante recebe R$ 520 mil por mês pagos pelo Timão e não pode mais atuar por outro clube nesta temporada

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Jogador do Botafogo foi expulso e logo em seguida se dirigiu a um cinegrafista e xingou a CBF
Vitor Silva / SSPress
Jogador do Botafogo foi expulso e logo em seguida se dirigiu a um cinegrafista e xingou a CBF

O Corinthians prometeu se pronunciar nesta segunda-feira sobre a situação de Emerson. O atacante, que foi dispensado pelo Botafogo, ainda tem contrato com o clube paulista até julho de 2015.

Emerson, que recebe R$ 520 mil por mês pagos pelo Corinthians, foi emprestado ao Botafogo em abril e tinha contrato com o clube carioca até dezembro. Demitido semana passada, o atacante não pode atuar por outro clube nesta temporada.

O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, esteve no Itaquerão no sábado para acompanhar a partida contra o Sport e evitou comentar sobre o caso envolvendo o atacante. "Esse problema não é meu. O Emerson tem contrato com o Botafogo até 31 de dezembro. Se eles não querem mais o jogador, quem tem que arrumar um lugar para ele treinar é o Botafogo", disse Gobbi à rádio Jovem Pan.

Emerson só terá chance de voltar a jogar no Corinthians em 2015 caso Mano Menezes não continue no cargo. O atacante e o treinador viraram desafetos.

Mano não quis comentar a situação de Emerson. "Não me envolvo em questões de jogadores de outros clubes. Quando estiver no meu grupo, responderei qualquer questão. Deixo para a diretoria decidir. Quando decidirem, eu me posiciono."

Leia tudo sobre: corinthianstimãosheikatacantebotafogodemitidomário gobbi