Israel autoriza 500 palestinos de Gaza irem à Jerusalém

Grupo é considerado menos ameaçador em termos de segurança pelo Exército e poderá ficar até terça na cidade

iG Minas Gerais | Da Redação |

Cerca de 500 habitantes de Gaza, todos com mais de 60 anos e considerados menos ameaçadores em termos de segurança pelo Exército, foram autorizados a deixar o território, excepcionalmente, neste domingo (5), para irem à Jerusalém para orar na mesquita de Al-Aqsa por ocasião da festa muçulmana do Aid al-Adha. Autorizados poderão ficar na cidade até terça-feira.   Segundo uma ONG israelense, é a primeira vez desde 2007 que a autorização é dada a um número tão grande.    Além disso, pela primeira vez, em sete anos, o Exército também autorizou a exportação para a Cisjordânia de produtos alimentícios de Gaza, principalmente peixe.    

Leia tudo sobre: IsraelJerusalémGaza