Mulher é presa no DF com cinco títulos de eleitor

Mulher, cujo nome está sob sigilo, foi presa no Recanto das Emas, Região Administrativa do Distrito Federal

iG Minas Gerais |

Mulher foi presa e encaminhada à Polícia Federal na manhã de hoje (5) no Distrito Federal portando cinco títulos de eleitor e cinco carteiras de identidade. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a mulher, cujo nome está sob sigilo, foi presa no Recanto das Emas, Região Administrativa do Distrito Federal, acusada de fraude eleitoral. O TRE confirmou a detenção de outras 15 pessoas em todo o Distrito Federal acusadas de fazer boca de urna. Ao todo foram distribuídas 64 mil urnas eletrônicas no Distrito Federal. Segundo o TRE, dezenove apresentaram problemas, mas só uma decorrente de falha técnica. Esta precisou ser trocada. Os problemas das demais surgiram em razão de falha humana. O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, desembargador Romão de Oliveira, assegurou que, quem permanecer em fila até o horário de encerramento (17h), vai receber senha para poder votar mesmo depois do limite de horário.

 

Agência Brasil

Leia tudo sobre: Fraude eleitoralDFEleições 2014