Nishikori é bicampeão em Tóquio; Melo é vice nas duplas

Vivendo grande fase, o vice-campeão do US Open levantou a torcida neste domingo ao se sagrar campeão

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Japonês chegou ao terceiro título da temporada e o sexto da carreira
Reprodução Facebook
Japonês chegou ao terceiro título da temporada e o sexto da carreira

Dois torneios, dois títulos. Este é o saldo do japonês Kei Nishikori neste giro asiático da temporada. Vivendo grande fase, o vice-campeão do US Open levantou a torcida neste domingo ao se sagrar campeão do ATP 500 de Tóquio. Na final, ele derrotou o canadense Milos Raonic pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 4/6 e 6/4, em um duelo de 2h12min.

Foi seu segundo título seguido, já que vencera no fim de semana passada o ATP 250 de Kuala Lumpur, na Malásia. Agora Nishikori soma quatro títulos no ano - venceu ainda em Barcelona e Memphis - e sete na carreira. Em solo japonês, foi seu segundo troféu, porque já comemorara a conquista em 2012.

E só neste embalo recente que o atual número sete do mundo conseguiu derrubar Raonic e seu poderoso serviço. O canadense cravou 22 aces na decisão, exibiu aproveitamento de 80% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Mas mesmo assim não pôde superar Nishikori. O japonês se destacou no fundo de quadra disparando golpes mais precisos e falhando menos. Ao todo, cometeu 18 erros não forçados, contra 35 do rival.

Sem a mesma ansiedade do canadense, que tentava o segundo troféu do ano, o tenista da casa foi crescendo em quadra gradualmente até aproveitar sua chance no tie-break do set inicial e na única quebra que obteve em toda a partida, na terceira parcial.

Desta forma, faturou a quarta vitória em cinco jogos disputados contra o canadense. Neste ano, Nishikori bateu o rival no Masters 1000 de Madri e nas oitavas de final do US Open, em agosto.

DUPLAS - O brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig foram superados pelo francês Pierre-Hugues Herbert e pelo polonês Michal Przysiezny. Mesmo na condições de favoritos, eles foram derrotados pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (3/7) e 10/5. Em busca da vaga no ATP Finals, que encerra a temporada, Melo e Dodig vão disputar nesta semana o Masters 1000 de Xangai, na China.

Leia tudo sobre: nishikoriatp de pequimtênisvitóriameloduplas