Sharapova derrota Kvitova e conquista título em Pequim

Vencedora em Paris derrotou a rival em três sets, com parciais de 6/4, 2/6 e 6/3 e, de quebra, garantiu a ascensão ao segundo posto do ranking da WTA

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Vice-campeã no ano passado, em derrota para a norte-americana Serena Williams, Sharapova se saiu melhor neste ano
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/DIVULGAÇÃO
Vice-campeã no ano passado, em derrota para a norte-americana Serena Williams, Sharapova se saiu melhor neste ano

Na final que reuniu as campeãs de Roland Garros e Wimbledon, a russa Maria Sharapova levou a melhor sobre a checa Petra Kvitova e se sagrou campeã do Torneio de Pequim, neste domingo. A vencedora em Paris derrotou a rival em três sets, com parciais de 6/4, 2/6 e 6/3 e, de quebra, garantiu a ascensão ao segundo posto do ranking da WTA.

Com a pontuação obtida na China, Sharapova vai aparecer em segundo lugar na lista atualizada nesta segunda-feira, à frente da romena Simona Halep. Ela caiu para o terceiro posto, empurrando para o quarto Petra Kvitova. As três tenistas estão garantidas no Masters da WTA, no fim do mês.

Em bom momento no giro asiático - foi campeã em Wuhan, na semana passada -, Kvitova começou melhor ao quebrar o saque de Sharapova logo no primeiro game da partida. Mas não sustentou a vantagem. A russa virou o placar, fechou o primeiro set e abriu vantagem no marcador.

Na segunda parcial, a tenista da República Checa esboçou boa reação. Melhor no fundo da quadra, caprichou nos golpes - acertou 25 bolas vencedoras em toda a partida, contra 18 da adversária. E acabou empatando o duelo.

No entanto, os golpes mais fortes do fundo geraram mais falhas. E começou a perder espaço para Sharapova. Ao todo, Kvitova registrou 44 erros não forçados, abrindo caminho para a vitória da russa no terceiro e decisivo set após 2h28min de confronto.

Sharapova conquistou seu quarto título na temporada, e o 33º na carreira. Agora ela vai se concentrar na preparação para o Masters, seu próximo e último torneio da temporada, no fim de outubro.

Leia tudo sobre: sharapovakvitovapequimvitóriatítulowtarankingchina